Minuto Mercado

Minuto Mercado

24/11/2021

Acesso ao Blog

IFO ALEMÃO TRAZ CAUTELA AOS MERCARDOS ENQUANTO AGUARDAM PCE E ATA DO FED

DÓLAR ABRE A R$ 5.5954. Importantes indicadores saem hoje, sendo os principais a ata da última reunião de política monetária do FED, a segunda prévia do PIB do 3º trimestre e o PCE de outubro. No Brasil, a atenção se volta na possível leitura do relatório da PEC dos Precatórios na CCJ do Senado, além dos dados de arrecadação e da dívida pública federal e o discurso de Roberto Campo Neto, presidente do Banco Central, em evento online do Bank of America.

Os índices futuros das bolsas de NY em queda, enquanto os juros dos Treasuries recuam e o DXY, indicador que compara o dólar ante seis principais moedas, tem alta, após a confirmação de que Jerome Powell continua ao comando do FED, por mais quatro anos. Investidores aguardam os indicadores americanos, principalmente o índice PCE, que é a medida da inflação. Na Europa, após a pesquisa IFO mostrar piora no desempenho das empresas na Alemanha as Bolsas de Frankfurt e Paris passaram a cair e a de Londres perdeu fôlego, devido a tensões com os efeitos na atividade econômica provocada pela quarta onda de casos da covid-19 na região.

O termômetro do mercado externo deve influenciar o local, enquanto aguarda a leitura do relatório da PEC dos Precatórios na CCJ do Senado. Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do governo e relator da proposta na Casa, apontou sete alterações ao texto e realçou que o governo se recusa a alterar a regra de cálculo do teto, abrindo um espaço fiscal para 2022, e no limite de pagamento de precatórios a partir do próximo ano. O líder acredita que consiga aprovar a medida na comissão com 16 ou 17 votos. E ainda disse que a proposta de tornar o Auxílio Brasil permanente poderá dispensar a necessidade de vincular uma fonte de financiamento para o benefício a partir de 2023, condição exigida pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).  No câmbio, no fechamento dos mercados, houve uma melhora súbita na reta final, quando o dólar devolveu parte da alta e voltou à faixa de R$ 5,60, o DI virou às mínimas e o Ibovespa acelerou. Mesmo assim, após bater máxima de R$ 5,6632, o dólar voltou ao limite do range, a R$ 5,6087 (+0,27%), e inverteu a mão no câmbio futuro, com o contrato da moeda para dezembro em queda de 0,28%, a R$ 5,5760.

O partido informou ontem à noite que a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Partido Liberal (PL) será oficializada no dia 30, próxima terça-feira, em Brasília. O presidenciável e ex-ministro da Justiça Sérgio Moro em entrevista no Senado mostrou favorável a proposta alternativa à PEC dos Precatórios.

ícone da bandeira do Brazil

Discurso de Roberto Campo Neto, presidente do Banco Central, em evento online e dados de arrecadação e da dívida pública federal e o ficam no radar.

ícone da bandeira EUA

Ata da última reunião de política monetária do FED, a segunda prévia do PIB do 3º trimestre e o PCE de outubro saem hoje.

ícone da bandeira Europeia

Após a pesquisa IFO mostrar piora no desempenho das empresas na Alemanha as Bolsas de Frankfurt, Paris e Londres foram impactadas.

Ligue agora e fale com os nossos especialistas:

Soluções completas em câmbio para você e para sua empresa.

Transferências Internacionais

Transferências Internacionais

Soluções completas em remessas internacionais para você e para sua empresa. Faça transferências internacionais com segurança e velocidade.

Saiba mais
Soluções em câmbio

Soluções em câmbio

Você pode contar com assessoria e serviços para soluções em câmbio e todo o seu processo de Comércio Exterior.

Saiba mais
Turismo

Turismo

Moeda em espécie e cartão pré-pago internacional. Em um único lugar você encontra soluções completas para a sua viagem.

Saiba mais