Minuto Mercado

Minuto Mercado

07/7/2021

Acesso ao Blog

CENÁRIO POLÍTICO E IR PESAM ANTES DE ATA FED, IGP-DI E VAREJO

DOLÁR ABRE A R$ 5.1992. A ata do FED sai hoje com a expectativa se os estímulos nos EUAs serão retirados pelo BC americano. No Brasil, o mercado aguarda o IGP-DI de junho e indicador das vendas do varejo de maio. Paulo Guedes, ministro da Economia, participa de sessão na Câmara para falar sobre a reforma tributária que anda tendo divergências, impasses na venda de Eletrobras e Correios e as crises política e hídrica no País.

 

As ações internacionais amanheceram em alta hoje. Impulsionadas pelas otimistas projeções de crescimento do PIB da zona do euro para este e o próximo ano de acordo com a Comissão Europeia. A ata da última reunião do Fed e o relatório de emprego (Jolts) também são aguardados, pois podem trazer qual será o tom da economia americana, bem como as próximas ações de política monetária nos EUA. Diante deste cenário, os juros dos Treasuries longos têm queda e o petróleo alta, mesmo diante da indefinição da Opep+ esta semana.

Apesar do mercado externo favorável, o local pode ser influenciado com o risco político e a nova discussão na equipe econômica sobre a reforma do Imposto de Renda para pessoa jurídica. O que se pretende é uma redução maior do Imposto de Renda de Pessoas Jurídicas (IRPJ) para todas as empresas do País eliminando subsídios tributários usados por alguns grandes conglomerados. Outras questões que podem influenciar é que o procurador-geral da República, Augusto Aras, continua não querendo à venda dos Correios e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), mudou o texto da MP da desestatização da Eletrobras, devido não ter consenso.

No câmbio a rápida alta do dólar, que quatro pregões atrás ainda estavam abaixo de R$ 5 e agora já saltaram a R$ 5,20, dá a medida dos riscos políticos e insatisfação do mercado com a persistência de Guedes em não fazer mudanças no IR. A moeda brasileira teve ontem o pior desempenho entre as emergentes. Só este mês, que ainda não completou nem cinco pregões, o dólar já dispara 4,75%. Subiu ontem pela sexta sessão seguida, a R$ 5,2092, em rali de 2,39%. Na máxima intraday, tocou R$ 5,2127. No câmbio futuro, a moeda americana para agosto subiu 2,07%, a R$ 5,2115.

Jair Bolsonaro desistiu de indicar o advogado Paulo Roberto Vanderlei Rebello Filho para o cargo de diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Atual diretor do órgão, Ricardo Barros (Progressistas-PR), está envolvido em suspeitas de corrupção na compra de vacinas contra a covid-19.

ícone da bandeira do Brasil.

O mercado aguarda o IGP-DI de junho e indicador das vendas do varejo de maio.

ícone da bandeira Europa

As projeções de crescimento do PIB da zona do euro para este e o próximo ano são otimistas.

ícone dos EUA

Ata do FED sai hoje com a expectativa se os estímulos nos EUAs serão retirados pelo BC americano.

Ligue agora e fale com os nossos especialistas:

Soluções completas em câmbio para você e para sua empresa.

Transferências Internacionais

Transferências Internacionais

Soluções completas em remessas internacionais para você e para sua empresa. Faça transferências internacionais com segurança e velocidade.

Saiba mais
Soluções em câmbio

Soluções em câmbio

Você pode contar com assessoria e serviços para soluções em câmbio e todo o seu processo de Comércio Exterior.

Saiba mais
Turismo

Turismo

Moeda em espécie e cartão pré-pago internacional. Em um único lugar você encontra soluções completas para a sua viagem.

Saiba mais