Minuto Mercado

ATA DO FED É O DESTAQUE DA SEMANA, SEGUIDA DA REUNIÃO DO BC E CPI

DÓLAR ABRE A R$ 5.2859. Há indícios que o BC americano comece a subir os juros antes do esperado pressionado pela inflação, por isso, o mercado aguarda esta semana a ata da última reunião da política monetária do Federal Reserve. Por aqui, estão no radar os depoimentos da CPI da Covid, amanhã, do ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo, e na quarta-feira, do ex da Saúde Eduardo Pazuello. Também nesta semana aguardam pela MP da privatização da Eletrobras que pode ser votada no plenário da Câmara, o detalhamento do plano da reforma tributária e a apresentação do parecer da reforma administrativa na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Mercado reage com cautela nesta manhã no aguardo de indicadores americanos e discursos de dirigentes do Federal Reserve, refletindo na queda dos futuros de Nova York e os juros dos Treasuries e nas bolsas europeias. O petróleo opera instável. Após aumento nas vendas no varejo e produção industrial mostrarem que a China vem se recuperando dos reflexos da pandemia animaram os investidores. O dia foi de quedas na região de Taiwan e Cingapura devido ao aumento no número de casos de covid-19 tiveram que endurecer restrições para tentar conter o avanço da doença. Combinada à queda em escala global, o dólar fechou abaixo de R$ 5,30, nível que vem rondando, em baixa 0,80%, a R$ 5,2710 no mercado à vista. No câmbio futuro, o contrato para junho caiu 0,70%, a R$ 5,2795. Os sinais de que a economia dos EUA ainda está longe de um superaquecimento são positivos para os mercados emergentes, porque favorecem a disputa pelo fluxo global e ajudam a tirar a pressão da moeda americana.

No foco de hoje estão nas reuniões trimestrais de diretores do Banco Central com economistas de São Paulo. Confirmada a presença dos diretores do Banco Central Bruno Serra Fernandes (Política Monetária), Fabio Kanczuk (Política Econômica) e Paulo Souza (Fiscalização). As bolsas internacionais negativas devem influenciar o Ibovespa nesta segunda-feira, assim como o recuo dos juros dos Treasuries pode trazer alívio aos juros futuros. Também fica no radar a CPI da Covid e andamento das reformas. Pazuello pretende responder a todas os questionamentos, mesmo com habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF) dando a possibilidade de ficar calado quando houver questionamentos a seu respeito.

Sem o voto impresso nas próximas eleições, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai ganhar "pela fraude" segundo Bolsonaro. Com a morte de Bruno Covas (PSDB-SP), Ricardo Nunes (MDB) assume o comando da Prefeitura de São Paulo. A primeira vez do partido. O DEM optou pela expulsão de Maia do partido após criticar o presidente nacional do DEM, ACM Neto. Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo afirmou a pessoas próximas que deve sair do partido.

 

Soluções completas em câmbio para você e para sua empresa.

Transferências Internacionais

Transferências Internacionais

Soluções completas em remessas internacionais para você e para sua empresa. Faça transferências internacionais com segurança e velocidade.

Saiba mais
Soluções em câmbio

Soluções em câmbio

Você pode contar com assessoria e serviços para soluções em câmbio e todo o seu processo de Comércio Exterior.

Saiba mais
Turismo

Turismo

Moeda em espécie e cartão pré-pago internacional. Em um único lugar você encontra soluções completas para a sua viagem.

Saiba mais